"Amar é um dos verbos mais difíceis de se conjugar: o seu passado não é perfeito, seu presente apenas indicativo; e o futuro é sempre condicional." (Jean Cocteu)"

sexta-feira, 25 de abril de 2008

Tempo da Partida


O tempo é engraçado... Um toreador sarrista, que brinca e leva a gente segundo os caprichos da sua vontade...


Tem uma passagem bíblica em que S. Paulo fala que “há tempo pra tudo, tempo de abraçar, tempo de fugir do abraço”: - Discordo!


Na verdade as pessoas já se submetem demais aos capricho desse velho semeador de "deadlines", estipulador de horários, regras e períodos determinados. Eu digo:
-É sempre tempo de abraçar!


Não gosto do tempo porque ele nos envelhece, e na mesma medida, nos toma momentos que deveriam ser eternos.

E é justamente nesses momentos que ele passa mais rápido...

Em contrapartida aqueles que deveriam sumir num estalido se perfazem por horas e horas mesmo que durem um único minuto...


Outra coisa que não gosto do tempo é quando ele diz que alguém vai ter que ir embora.

Esse tempo é o pior de todos:


“- Pô Tempo! Dá um tempo! Esse alguém acaba de aparecer e agora, justo agora você me leva!”


É terrível esse tempo, porque quando alguém vai embora tudo passa a ter um prazo estabelecido.


Temos um prazo pra rir, prazo pra chorar, prazo pra desabafar, divertir, sonhar, beijar, abraçar, olhar no olho, fazer manha, pedir carinho, acariciar, fazer cafuné tirar sarro, brigar enfim....

Até aquele tempo chegar:

o tempo de partir...

Nessa hora a gente finge que entende, mas por dentro esperneia, grita, chora, (as vezes as lágrimas escapam pois o mais difícil de tudo é chorar pra dentro).


Mas a gente entende... e cede por não ter jeito.
Engole o último “-Fica!” como se fosse uma bola de bilhar e deixa passar novamente o tempo...


E vai-se o tempo da partida, levando nas costas tudo aquilo que não foi dito... Aquilo que não foi feito...


Resta o tempo da saudade... e da esperança.


Esperança que do tempo da partida, nasça um novo tempo:

O tempo do reencontro!


Bom Dia.

4 comentários:

CornFlake Girl disse...

Chorei.

Sem palavras, Du!

A M E I.

Marina F. disse...

Dú, adorei.
Dizia o poeta: meu tempo é quando.
beijo.

Eloá disse...

Don...
Que dom?
O dom das palavras..
todo teu!

Français disse...

espero ter tempo suficiente pra ler os grandes livros da literatura. mas se conseguir ler só os que comprei, já vou ficar bem feliz.
pra mim, a pior coisa é envelhecer. daqui a pouco vou ter que começar a tingir meus cabelos brancos.

Novo! - pesquise aqui a WEB ou Postagens do Blog
Google