"Amar é um dos verbos mais difíceis de se conjugar: o seu passado não é perfeito, seu presente apenas indicativo; e o futuro é sempre condicional." (Jean Cocteu)"

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Afaces, Couves, Acelgas e afins...


Pataquepareu!!!!!!!!!!! Gente!!!!!!!!!!!

Impressionante como hoje ta todo mundo beijando a rodo.
Tem micróbio que troca tanto de boca que já carrega uma trouxinha com uma muda de roupa e um dicionário de línguas estrangeiras.

Numa balada tem gente chega a dar (ou levar) cinco chupões, até mais!
Aliás me admira o poder de administração desse pessoal.


Sério algumas boates tem uma área de pista que não ultrapassam 100, 200 metros quadrados.
Para atuar em cinco frentes num espaço tão pequeno precisa-se um planejamento estratégico digno de Napoleão Bonaparte ou da CIA.

Vejo os beijos de balada como compras no supermercado: a diferença é que a mercadoria também tem que aceitar ser comprada.


É mais ou menos assim: o carinha passa olhando as prateleiras da seção de verduras e de repende encontra uma couve.
Ela é bonitinha, verdinha, fresquinha parece suculenta, então começa a olhar para essa couve esperando dela uma reação.

Nesse meio tempo passam alfaces, brócolis, beringelas até apetitosas. (volta e meia uma dá uma piscadinha), mas ele ignora.

- A couve é o que interessa!

E continua olhando para aquelas largas folhas verde-escuras ... até que toma coragem e se aproxima.

Por segurança o carinha chega primeiro na chicória que esta do lado da couve bate um papinho até ela apresentar a sua amiga.

Fala duas três palavras e finalmente ela topa entrar no carrinho....

A história podia acabar ali no caixa de supermercado, mas o que acontece é que o carinha pega o carrinho, e começa a passear pelo supermercado batendo um papão com a sua verdura e mostrando pra todo mundo o lindo vegetal que ele conseguiu comprar e...


sem mais nem menos, vira pra pra ela e diz pra ela ficar ali que ele ja volta...


A Couve estranhando pergunta onde ele vai, e nosso amigo vira e diz impassível: - Vou ao banheiro! - arrematando com chave de ouro: - Não sai daí e comporte-se que eu já volto hein!


E sai pelo supermercado atrás daquela alface que tinha dado o maior mole...


Quanto aquele carrinho abandonado no meio do supermercado, é claro que não ficou muito tempo ali... nenhum carrinho fica muito tempo abandonado num supermercado, especialmente se tiver uma linda couve dentro.


E no final da balada nosso herói das verduras acaba passando no caixa somente um maço de acelga... que ele nem gosta tanto mas foi o que sobrou para sua salada...



Bem o importante é curtir
Bom dia!
PS. Claro que não só os mocinhos que saem "às compras" as mocinhas também têm feito a "feira", afinal estamos em tempos de igualdade...

4 comentários:

Pallas Athena disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pallas Athena disse...

ERRATAaaaando o comentário anterior...mas que não foi passou na peneira da revisão de texto!!!rs

Já virou carne de vaca minha participação na rasgação de seda (tb chamado de 'baba ovo' por alguns...rs)...ou no 'escraxcho'. Manifesto de elogio ou protesto às suas palavras...pensamentos...enfim.

Por isso não vou comentar nada dessa vez...aqui...neste espaço.
Mas prometo fazer deste tema mais um mote pros meus 'repentes'.Mesmo pq é um assunto 'inspirador'.Por mais q eu nunca tenha traçado um paralelo com uma feira livre qdo penso sobre isso.
Mas sim com um açougue.
Seja como for, a unica diferença é q no açougue aceitam até VisaVale ou cartão de crédito.
Ja na feira...as coisas são mais 'dificeis'...pois só interessa o escambo a vista.Mas, ao contrário do açougue onde o q se negocia são as carnes expostas...existe a vantagem da xepa...rs (pelo menos vantagem pra quem goste de balada e não aceite ficar no 0x0).
Creeeeedo!

Por essas e por outras q prefiro um happy light com os amigos...do que chegar em casa fedendo cigarro, com os pés em frangalhos, maquiagem derretida, halito de bebida, surda, 'pobre'...e sem ter a menor noçao do que aquele cidadão q passou a noite inteira gritando ao nosso ouvido pra se fazer escutar no meio da multidão...estava dizendo enquanto tentava, entre um abraço 'melequento' e outro, nos beijar.Isso até se dar conta de q deveria nos procurar na esquina...mas antes de chegar lá...encontrou uma 'picanha' no caminho.

Bom pra ela, q saiu do 0x0...e pra ele...que comeu o que queria (mesmo q nem ele mesmo soubesse o que queria de fato, pq se soubesse não serveria qq coisa...ou qq uma)de graça.

Antes ela do q eu!!
Cada um sabe de si, é ou não é?
Principalmente se o importante for CURTIR (existe conceito mais relativo do q esse????rs).

Eloá disse...

Gostei do texto.
Gostei muito!!!
Adorei a cena... fui lendo e as imagens foram surgindo, como um filme... Não! Desenho.
O que importa é curtir, né Du.
O mesmo vale para a leitura.

beijinhos pra vc.

Marinna M disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk amei to colando no meu orkut kkkk sorry eu faco referencia a vc por la kkkkkkkk bjus

Novo! - pesquise aqui a WEB ou Postagens do Blog
Google