"Amar é um dos verbos mais difíceis de se conjugar: o seu passado não é perfeito, seu presente apenas indicativo; e o futuro é sempre condicional." (Jean Cocteu)"

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Sexo, Spam e Eletro-house



Hoje recebi mais um spam: "Meet a Fuck friend now!!!!, (get laid guaranteed)".


A tradução seria mais ou menos essa: "faça uma amizade colorida já! (trepada garantida)".


O número de spams com o tema faria qualquer desavisado acreditar que estamos vivendo uma década de sessenta cibernética.

Fico de cara no chão com a quantidade de propostas indecentes recebidas via spam. Centenas e centenas de propostas para "Ver uma gatinha se masturbando em frente a uma webcam".
Mas a "meet a fuck friend" com certeza tem sido a mais freqüente.


Claro que não me iludo, sei que clicar ou adicionar uma dessas propostas significa perder horas depois passando anti-vírus no computador, saques indevidos na conta bancária ou mesmo pagar a conta das compras de internet de um bando de marginais.


Mas o que me impressiona é a freqüência do tema, que com certeza reflete uma certa eficiência na estratégia. A Conclusão que se pode chegar cada vez mais as pessoas se interessam e buscam esses subterfúgios virtuais.


Existe uma demanda gigante por sexo eletrônico e muitas vezes me pergunto: por que?


Nunca na história foi tão fácil obter sexo real!
No mundo de hoje (onde cairam as barreiras e taboos, pilulas anticoncepcionais pululam nas bolsas de pré adolescentes, os pais se tornaram tolerantes, a sociedade ainda mais e as boates reúnem um bando de pós adolescentes que tomam prazer em pílulas embalados por Psy-Trance e Eletro-House até meio dia) o sexo se tornou-se brincadeira de criança.

Temos cada vez mais oportunidades de levar e sermos levados para cama, multiplicam-se bares de solteiros e até mesmo casas de Swing, que hoje estão por toda parte...


Mas o que ocorre é que as pessoas, por um lado, deram vazão as suas taras e tiveram suas fantasias (antes ocultas numa manta de pudores) "legalizadas".
Por outro lado, essas mesmas pessoas estão cada vez mais sozinhas.


Talvez o que faça, afinal, a chamada "Meet a fuck friend... " ser tão eficiente, não seja a palavra "fuck" e o que ela representa...


E sim o "friend" e a falta que sentimos disso.


Num mundo em que sexo virou coisa corriqueira AMIZADE verdadeira passou a ser uma fantasia...


Bom dia!

2 comentários:

Pallas Athena disse...

Amei, Amigo.

Boa tarde, Du!

Français disse...

bom, não posso falar muita coisa, porque eu optei pelos friends há muito tempo. e dou muito valor a eles, até porque, em sp, ninguém tem tempo pra nada
;-)

Novo! - pesquise aqui a WEB ou Postagens do Blog
Google